quinta-feira, setembro 08, 2005

Emoções Fortes

O New England Journal of Medecine, um dos jornais de medicina mais conceituados do Mundo, abre o seu ultimo numero com um artigo magnifico, segundo o qual o amor, a raiva e a tristeza fazem mal ao coração. Não no sentido literário, musical e cinematográfico do termo; não como nos filmes americanos, em que após uma má noticia a heroína, frágil e trémula, tomba com um desmaio aparatoso. Nada disso. As emoções abalam os músculos cardíacos, impedem o sangue de fluir livremente para as artérias e provocam dores no peito, falta de ar e quebra do batimento cardiaco regular. Tal como acontece num enfarte. O processo tem um nome: Sindroma de Coração Partido.
Nunca pensei que o dicionário da ciência aceitasse um termo tão romãantico como este...


Fonte: Dulce Garcia In Domingo Magazine/Correio da Manhã, Lisboa
Beijinhos doces da vossa amante...

10 comentários:

Reporter disse...

Coisas que a ciência conhece. E justifica.
Mas, ainda assim, eu gosto de amar.
Bj.

Morrison disse...

Tá giro o nome. Síndroma do Coração Partido...isso deve ser um nome pomposo para os ataques cardiacos. Depois dizem...."ah coitadinho morreu de ataque no coração porque era um homem muito apaixonado....partiu-se o coração".
Tá nice o teu post. Já agora posso linkar-te?

hasta

[_David_] disse...

Tá giro...Mas mesmo que fique com o síndrome de coração partido..é tão bom amar...!!

Beijinnhos David

www.lifesmovie...

Daniel Aladiah disse...

Quem diria...
Beijo

JPD disse...

Mas é natural que comporte essa expressão: é escrito por seres humanos que tanto se emocionam também.
Bjs

taliesin disse...

è minha querida, temos q tomar cuidado com isso, mas pensando bem eu prefiro sofrer dessa sindrome, por amar muito do q viver sem probrlema e não amar.
q seu final de semana seja maravilhoso
beijos

Indigo Misty (Night Love) disse...

Exactamente!! Nada como a ciência para explicar aquilo que às vezes nos vai na alma e corre no sangue… quem é que foi o felizardo que nunca sentiu esse horrível aperto no peito?? Beijocas e muitos parabéns pelo teu site.

Xt-v-back disse...

Será mesmo possivel murrer de síndrome de coração partido ?
Acho que se não murrermos só nos tornamos mais resistentes, é como tomarmos uma vacina :P
Bjs**

salseira disse...

esta é uma grande surpresa!

Marcos Leandro disse...

Mostro em canção o quê pra mim é o Delírio :

Delírio (Choro)

Esse olhar penetrante, é um olhar sedutor E me faz tão errante, tão perdido de amor
Em seus lábios voz de mel, quando ouço vôo ao céu
Me enfeitiço num fascínio de uma brisa a refrescar
Num suspiro de desejo de querer-te agora amar
Tão formosa sensual, não no sonho no real

Esse andar tão sublime com leveza ao passar
Que me deixa ardente ao começar a gingar
Um sorriso tão marcante que me causa arrepio
Um piscar tão provocante que me deixa em delírio
E me tira consciência, sem sentido e sem rumo
Mas seu beijo é minha essência, me desperta bem a fundo
Esse olhar penetrante, é um olhar sedutor


Marcos Leandro