quarta-feira, março 05, 2008

Direito ou dever de ser feliz?



Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe.
(Oscar Wilde)



As pessoas habituaram-se a ouvir mentiras criadas pela sociedade e a acreditar nelas. Uma dessas mentiras é que “Eu tenho direito de ser feliz”. Em nome dessa mentira as pessoas passam por cima dos outros, enganam, traem, abandonam...buscam incessantemente a felicidade mas não a alcançam.
Sabem porquê?
Porque ser feliz não é um DIREITO é um DEVER!
Eu tenho o DEVER de ser FELIZ!
A felicidade não é ausência de sofrimento, mas sim ter alguém com quem partilhar esse sofrimento.
Só conseguimos realmente ser felizes quando fazemos os outros felizes, porque a felicidade é algo que contagia. A felicidade é o fruto que se colhe da felicidade que se semeia. Não é em vão que quando estamos apaixonados procuramos fazer tudo para agradar a outra pessoa, porque a queremos ver feliz e porque isso nos faz feliz também! Mas com o tempo esquecemo-nos disto e o egoísmo muda o discurso para “Eu tenho o direito de ser mais feliz do que o outro” e a relação acaba minada e termina.
Quem busca a felicidade desta maneira vai continuar à sua procura, vai apaixonar-se vezes sem conta, magoar os outros e a continuar infeliz. Começar e terminar... será este o ciclo repetitivo da infelicidade...
Ser feliz implica uma construção de algo em comum, uma partilha, um continuo, um projecto de vida e não uma busca incessante e sem sentido. A felicidade não é a estação de chegada mas sim uma forma de viajar...
Beijinhos doces...

2 comentários:

Nídia disse...

Para mim o pior defeito que uma pessoas pode ter é o ser egoista. Pessoas assim só semeiam infelicidade por onde quer que passam.
Gosto do teu blog prometo voltar.
Até breve.

Daniel Aladiah disse...

Querida Loirinha
Acho que nem é direito nem dever, e que só somos felizes quando pensamos nisso em momentos esporádicos da nossa vida. Isto não quer dizer que sejamos infelizes, mas que a felicidade é tão relativa, que não dá para a agarrar nunca... :)
Um beijo
Daniel