quarta-feira, março 09, 2005

Delírios da Loirinha 1

luniq15.gif



Tocaram à campainha. Nada lhe fazia prever quem era a pessoa que estava do outro lado da porta.

- Não me convidas para entrar? - perguntou.

Ela ficou pretificada... haviam passado dois anos desde o último encontro em que tudo terminara. Um soluço de tristeza ficou preso na sua garganta. Odiava ser tão emotiva. No entanto, era uma fraqueza com a qual aprendera a conviver e esconder. Mas infelizmente, na presença dele era um desafio impossível... Ficou agitada.

-Como descobriste a minha nova morada?

-Devias saber que um homem como eu tem os seus conhecimentos...

-O que queres? Não és bem vindo!

-Temos de conversar, esta conversa ja foi adiada tempo demais...

-Entre nós está tudo terminado não existe mais nada para conversar, já não significas nada para mim.

-Escuta...

-Não há nada para escutar, não te quero ver... vai- te embora.

- Estás tão segura de ti mesma. Hum! Adoro um desafio. Vou fazer-te implorar para que eu te possua.

-Não, tu não vais.

-Queres apostar? Sei que ainda me desejas. Posso seduzir-te até com as duas mãos atadas nas costas.

- Convencido, arrogante...- pensou- não era o medo dele ou do acto sexual em si. A pior das ameaças era a que ele tivesse o poder de a fazer perder o controle de si mesma.

-Estás a tremer muito querida...

-Não estou nada...

-E é de expectativa, sabias? Existe uma atracção animal entre nós e essa atracção não acaba sem realização...

-Eu ja me curei desse mal... tive outros homens depois de ti...

-Será possível que me tenhas esquecido assim tão rápido, só passaram dois anos.

-Não sejas tolo. És o sujeito mais vaidoso que eu já conheci.

-Será possível que ainda sejas virgem?

-O que achas? Será que também tens esperança de que o Pai Natal realmente exista?

O seu sarcasmo fez com que um músculo se movesse no canto dos lábios comprimidos dele.

-Estás a brincar? Nos dias de hoje, uma pergunta destas faz-se com incredulidade. Pouquíssimas raparigas continuam virgens até à tua idade.

Ela corou. Tinha lido que muitas vezes o homem tinha dificuldade em descobrir se uma mulher era experimente ou não. Esperava que fosse verdade. Não suportaria que ele descobrisse que continuava tão inocente como há dois anos atrás. Seria humilhante admitir a verdade àquele homem vaidoso, porque ele deduziria imediatamente o quanto a magoara naquela altura. Ele baixou a cabeça, respirando muito próximo do seu rosto, deixando-a trémula e ofegante.

-Tu estás absurdamente tensa. Isso é tudo medo de mim?

-O que querias? Estar ao teu lado é como esperar para ser atacada.

-Tens a certeza? -riu-se

-Qual é a graça?

Com um sorriso voraz, puxou-a de encontro ao peito e tirou os seus cabelos do rosto. O contacto com o corpo masculino fê-la estremecer. Ele baixou o rosto, mas em vez de direccionar os lábios para a boca, conforme esperava, esmagou-os de encontro à pele macia do seu pescoço. O gesto inesperado apanhou-a de surpresa, e deixou-a ainda mais alarmada do que já estava...

-Só vais ter prazer nos meus braços. Eu prometo. Aliás para mim é uma questão de honra que gozes cada minuto na cama - e deslizando a ponta da língua ao longo do pescoço dela, ele imediatamente, começou a cumprir a promessa.

No inicio, ela manteve-se rígida e fria como mármore. Mesmo assim, ele apossou-se da sua boca com toques subtis, intercalados de carícias. Subitamente, sem que ela compreendesse o motivo, os seus lábios entreabriram-se e ele começou a beijá-la bem devagar, com uma intimidade desconcertante. Naquele momento ela não conseguiu pensar em nada. O seu coração disparava feito louco sempre que a língua macia e quente invadia a boca ávida. O que ela não esperava e o seu corpo nunca experimentara era aquela onda intensa de puro prazer. Um prazer assustador que explodia dentro dela em ondas cada vez mais ferozes.


(Continua...)

15 comentários:

Daniel Aladiah disse...

Querida Loirinha
Belíssimo texto, mas confesso que fiquei com ciúmes... essa tendência para ceder ao "bandido" faz-me sempre pensar que o meu papel está "errado"...
Um beijo
Daniel

jocapoga disse...

Estou preso. Aguardo o(s) próximos capítulos.

isa xana disse...

hummm... tou esperando a continuação!!!;)


jinhu

Espectro #999 disse...

Excitante e perturbador.
Já mandei reservar o capítulo seguinte.
Vem ver a minha arte [...] penetra no meu território.
Beijocas e inté.

Anónimo disse...

Belo
espero pela continuaçao
beijo rose*

AS disse...

Paixão, desejo, sedução... muito excitante! Um autêntico delírio...

Um beijo grande

Anónimo disse...

E eu olhava, olhava só. Tu estavas de costas com aquelas coequitas que me ponham louco ao pensar... Tiraste um Hagen Danz do frigorífico. Abriste-o e o teu indicador percorreu o creme da forma mais erótica que alguma vez vi.

Nada mais aconteceu...

C

Taliesin disse...

Oi Loirinha
O post de hoje vc arrasou essa historia está muitoenvolvente, estou ancioso para ver a continuação.
Um grande beijo

Taliesin disse...

Oi Loirinha
O post de hoje vc arrasou essa historia está muitoenvolvente, estou ancioso para ver a continuação.
Um grande beijo

Taliesin disse...

Oi Loirinha
O post de hoje vc arrasou essa historia está muitoenvolvente, estou ancioso para ver a continuação.
Um grande beijo

Taliesin disse...

Oi Loirinha
O post de hoje vc arrasou essa historia está muitoenvolvente, estou ancioso para ver a continuação.
Um grande beijo

Taliesin disse...

Oi Loirinha
O post de hoje vc arrasou essa historia está muitoenvolvente, estou ancioso para ver a continuação.
Um grande beijo

Taliesin disse...

Oi Loirinha
O post de hoje vc arrasou essa historia está muitoenvolvente, estou ancioso para ver a continuação.
Um grande beijo

Taliesin disse...

Oi Loirinha
O post de hoje vc arrasou essa historia está muitoenvolvente, estou ancioso para ver a continuação.
Um grande beijo

Taliesin disse...

Oi Loirinha
O post de hoje vc arrasou essa historia está muitoenvolvente, estou ancioso para ver a continuação.
Um grande beijo