segunda-feira, abril 04, 2005

Pecar nem sempre é Pecado

24354.jpg



"Tocando-se a pele não se toca o corpo(...)
Não quero negar o corpo e o impacto que a sua beleza desperta na sexualidade, nem a importância dos sentidos ou do toque, mas a sexualidade não solta o pensamento no corpo, expande-o e, fora de si, casa o corpo e o pensamento.
Talvez o aparelho genital seja o pensamento. As fantasias que nos surpreendem, ou os pequenos promenores que os sentidos vêem ou cheiram, e que registam quase com distracção.
Os pensamentos provocam dúvidas onde parecia só poder existir a unanimidade da paixão, e trazem infidelidades onde antes parecia só se tolerar a unicidade dos afectos.
«Pecar» por pensamentos e por omissões faz bem à sexualidade (os actos, ficam com cada qual). Põem em duvida quem temos connosco;comparam, ambicionam, fantasiam.
«Pecar» por pensamentos enriquece a relação amorosa, expande a sexualidade para fora do corpo, e devolve-o ao pensamento com a convicção de que pecar... não é pecado... "

Eduardo Sá In "Tudo o que o amor não é"

Beijinhos doces da vossa amante...

10 comentários:

D disse...

Minha querida gostei do teu ponto de vista.
Beijo :) bom incio de semana

Taliesin disse...

Querida, como vc disse os pensamnetos nos conduzem muito mais a sexualida do os genitais, é atraves dele q sentimo o prazer.
Beijão

Anónimo disse...

Ontem à noite encontrei-te a meu lado na cama. Estavas deitada com um peito desnudado desajeitadamente fora do lençol. Toquei-te ao de leve com a minha mão fria na pele lisa da tua mão direita. Estavas a dormir e voltaste as tuas costas para mim, cobrindo-te com o lençol. Tenso, toquei a tua perna sensual e quente. A friesa da minha mão perturbou o teu sono. Voltada para mim, enlaçaste-me com as pernas. Depois disto, adormeci tranquilamente no cheiro do teu cabelo.

C

Delírio da Loirinha disse...

Querido "C"!
Obrigada pelas tuas belas palavras...
Não tens blog?
A unica forma de te agradecer é mesmo por aqui (pelo menos para já)
Beijinhos doces

JPD disse...

Olá loirinha

Vê se concordas:
Há o desejo, o amor , a paixão, o contexto.
Qualquer destas componentes impôem acerto na acção. O dito adquire-se e melhora-se. o Grande e inaudito regozijo, prazer, conforte, deleite,virá quando o casal comunga e compreende o parceiro e sabe interpretar o grau maior ou menor de incentivo da relação. Vero!
Bjs

Daniel Aladiah disse...

Querida Loirinha
Quem nunca pecou que atire a primeira pedra...
um beijo
Daniel

litle lucy disse...

OBRIGADA!

Rose*

AS disse...

Sei que pecar não devia
Mas até pecam os santos!...
Maior pecado seria
Ficar cego aos teus encantos.

Bjsss

Teresinha disse...

Nao poderias estar mais certa ;)
muahh*

Dácio Jaegger disse...

É pecado sim
Não pensar em sexo
Não sonhar com entranhas
Falar coisas extranhas.
É pecado sim
Ignorar do ser amado
Seus desejos e não saciá-los
Como aos teus.
É pecado sim
Não levar a parceira
Aos píncaros do prazer
Deixá-la no nada a ver
Tendo tanto que haver.
É pecado sim!
Minha singela homenagem à sua sexualidade eruptiva. Beijos sociais